Como Funciona a Tecnologia 5G?

A Tecnologia 5G vem ganhando espaço na mídia como uma revolução. Prometendo ganhos de velocidade e um grande salto tecnológico. Mas você sabe como funciona a tecnologia 5G?

Nesse artigo iremos explicar!

O 5G significa a quinta geração de redes móveis. Entre as principais vantagens da tecnologia 5G estão maior poder de transferências de dados, menor consumo de energia, que pode chegar a economia de até 90% menos comparadas com a 4G! Além disso o aumento do número de conexões simultâneas e aumento da cobertura.

Afinal como funciona a tecnologia 5G?

A tecnologia 5G usa faixas de frequência mais altas e com comprimento de onda menor, conhecidas como ondas milimétricas (mmWave). 

Elas possuem capacidade maior, mas alcance pequeno se comparada a 4G. Também são mais suscetíveis a interferências de objetos físicos. Como por exemplo interferência de objetos, árvores e até mesmo o próprio corpo humano. E é claro as paredes, o que torna o desafio o uso da rede em locais fechados.

Portanto para resolver esse problema será necessário a instalação de um número consideravelmente maior de torres de transmissão. 

Além disso os aparelhos deverão passar por modificações em suas estruturas, como o layout com várias antenas internas ao redor para potencializar a captação de sinal. As chamadas antenas mmWave.

Países como Estados Unidos (EUA), China e Coreia do Sul são até agora os locais onde mais houve expansão e testes.  

Na Coreia do Sul foi o primeiro país a lançar de forma comercial em abril de 2019. Como a rede ainda é nova, e como já foi mencionado a necessidade de infraestrutura maior, mesmo na Coreia do Sul o sinal oscila muito, variando entre o 4G e o 5G, como é relatado por usuários. 

Baixo Período de Latência

Podemos chamar de latência nada mais que o tempo necessário entre o comando de uma execução e o tempo de resposta do servidor.

Com essa nova tecnologia a ideia é conseguir chegar ao tempo de 1 milissegundo!

Como vai funcionar a tecnologia 5G no Brasil?

A operadora Claro anunciou em julho de 2020 o início da implantação no Brasil do chamado comercialmente 4,5G (LTE-Advanced-Pro). Com o uso do 5G DSS (Compartilhamento Dinâmico de Espectro) que a grosso modo funciona como uma intermediária entre a 4G e a 5G. E promete ser até 12 vezes mais rápida. A iniciativa está restrita a algumas cidades.

Oficialmente ainda não houve o leilão da frequência para uso do 5G. E essa operação apresentada pela Claro ainda é bem restritiva.

Para entender melhor, o leilão contará com contrapartidas que as empresas vencedoras terão que cumprir. Assim como requisitos mínimos de infraestrutura, obras necessárias, construção de torres de transmissão e várias outras implementações necessárias para o devido funcionamento.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e o Ministério da Economia planejam que o leilão da faixa de espectro para uso da 5G aconteça em 2021. 

Os órgãos deverão regular também as questões técnicas como qual o comprimento de onda será usado, e no caso de já estar sendo usado por outra tecnologia, como as antenas parabólicas e sinais de TV, que sejam descontinuadas (a morte da TV analógica foi adiada para 2023).

A Anatel estuda destinar as frequências de faixa de 2.300 a 2.400 MHz (2,3 GHz) e 3.300 a 3.700 MHz (3,5 GHz) e 26 GHz usada na Europa. 

No Brasil a rede 4G já é a mais usada, mas em regiões principalmente mais no interior o uso da rede 3G ainda é considerável.

Tecnologia 5G e Internet das Coisas (IoT)

Com a possibilidade de muitos mais aparelhos conectados, tanto em número total como em aparelhos sendo usados simultaneamente, conectar diferentes aparelhos de uma casa inteligente se torna possível. 

A Internet das Coisas (Internet of Things – IoT) é uma das possibilidades que mais poderão crescer devido a tecnologia 5G.

Principais Vantagens do 5G

  • Velocidade de até 20 Gbps
  • Aumento da velocidade da internet em dispositivos móveis
  • Diminuição do tempo de download e upload
  • Maior número de conexões
  • Maior número de conexões simultâneas (mais de 1 milhão por km²)
  • Diminuição do consumo de energia
  • Novos modelos de negócios
  • Avanço da Internet das Coisas (IoT)
  • Baixa latência – tempo entre o envio de comando e sua execução

Aparelho Smartphones Compatíveis

Mesmo sem a rede estar disponível do Brasil a Motorola lançou dois modelos compatíveis, são eles:

  • Motorola Edge 
  • Motorola Edge+

Esses modelos possuem suporte a conexão 5G sub-6. 

No mercado internacional podemos encontrar mais opções como: Huawei Mate 20X 5G, LG V50 ThinQ, Xiaomi Mi Mix Alpha, e os aparelhos da Samsung Galaxy S10 5G, Galaxy Note 10, Galaxy Fold e Galaxy A90.

Leia mais:

O que é x86 ou x64 no Windows? Saiba qual o seu!

Como Aprender a Programar Sozinho – Guia Completo

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *