História da Linguagem Ruby

A Linguagem Ruby foi criada por Yukihiro Matsumoto um cientista da computação japonês em 1995. A princípio seu criador queria desenvolver uma linguagem com sintaxe perfeita e elegante. Assim nasceu a Linguagem Ruby inspirada nas linguagens Perl, Python, Eiffel, Ada, Lisp e Smalltalk. Além disso possui tipagem dinâmica e forte. E é multiparadigma. É totalmente livre sua distribuição e modificação.

Uma das preocupações do criador da linguagem era que ela fosse de script e totalmente orientada a objetos. Assim para Ruby todas as variáveis são objetos. Bem como os tipos primitivos, inteiro, real, e outros, são classes.

Em 1998 foi lançada a versão 1.2 a primeira versão estável da linguagem. No ano seguinte é lançado o livro The Object-Oriented Scripting Language Ruby de autoria de Matsumoto, conhecido na web como Matz, e Keiju Ishitsuka.

Em 1999 também é lançada a Ruby versão 1.3. E começam as listas de discussão sobre a linguagem na internet sendo a primeira chamada de Ruby-Talk. No 2000 o livro Programming Ruby é disponibilizado gratuitamente como estratégia para divulgação aos falantes de inglês.

Linguagem Ruby e Framework Ruby on Rails

Nos anos 2000 a Linguagem Ruby ganhou popularidade e uma comunidade ativa. Se mantendo até hoje como uma das mais usadas. Grande parte dessa popularidade se deve ao framework Ruby on Rails criado pelo programador dinamarquês David Heinemeier Hansson em 2005.

Frequentemente confundido com o nome da própria linguagem por novos programadores.

O Framework visa principalmente aumentar a produtividade dos desenvolvedores. Tornar a linguagem mais rápida e facilitar o acesso a banco de dados em aplicações web.

Com ele é possível criar projetos com uma estrutura pré-definida uma vez que o framework possui arquitetura MVC (Model-View-Controller). Costumeiramente Ruby on Rails é chamado de RoR.

Ruby Gems

A linguagem possui a biblioteca Ruby Gems com plugins, layouts, e outras ferramentas totalmente gratuitas. Ou seja que funciona como um gerenciador de pacotes.

Posteriormente a Linguagem Ruby influenciou outras como Groovy, Falcon e linguagem D.

Vale a pena aprender Linguagem Ruby?

Atualmente essa é uma das linguagens queridinhas das start-up! Vale muito a pena aprender seja para apenas aprender por conta própria para projetos pessoais, seja para trabalhar na área de desenvolvimento.

Entre as vantagens do uso estão: várias bibliotecas gratuitas, sintaxe simples, funcionalidade, interatividade, código aberto, e tempo relativamente rápido de aprendizado. Em alguns meses você já consegue criar aplicações interessantes.

E aí, gostou se saber sobre o surgimento da linguagem Ruby?!

Deixe seu comentário! 🙂

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *